terça-feira, novembro 07, 2006

Pelintras

O homem viu-nos a travessar a rua de bata. O é que estavamos a fazer nós, pelintras, que nem o uniforme sabemos honrar? É que quer queiramos quer não há um estatuto e um papel a cumprir e manter nesta sociedade que nos coloca em divino pedestral. Quem diz usar a bata na rua diz usar as fraldas da camisa de fora ou uma gravata pirosa ou até mesmo uns jeans. Ser médico, pelos vistos não é só cuidar, tratar..há obrigações sim e passam por vestir a rigor, não usar mochila, ter uma belíssima máquina de uma ilustre marca que tem um último modelo top e tratar mal as enfermeiras. Se é para ser médico então que seja a sério que essa treta de de dar consultas em polo ou t-shirt é para psicólogos e videntes.
Há uma série de regras e convenções nas entrelinhas que devem, concerteza ter-me passado ao lado, Senhor Doutor!
Obrigado pelo esclarecimento dirigido de uma forma tão educada e valiosa e que eleva aos céus a boa fama de um ortopedista.
Não me canso, obrigado!

2 comentários:

ninfa21 disse...

quem foi a mente iluminada??

R.noga disse...

Não é difícil encontrá-los, ao que parece.